Nov 21

Sessões de sensibilização para jovens sobre jogos, segurança online, saúde e prevenção de riscos

Integradas no Serviço Educativo da edição deste ano da Lisboa Games Week, realizam-se nos dias 21 e 22, sessões de sensibilização para jovens em idade escolar, intituladas “Jogar com Rede”.

Nestas ações serão debatidas questões relacionadas com os jogos, a saúde e o bem-estar, bem como a segurança online e a prevenção dos riscos.

O seu público-alvo será constituído por alunos do 8.º ano de escolaridade.

Esta iniciativa, promovida pela Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e Dependências da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT/DICAD), conta com a colaboração da Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas da Direção-Geral da Educação (DGE/ERTE), parceira do Serviço Educativo da Lisboa Games Week.

As sessões realizar-se-ão no Auditório LoadingZone, Pavilhão 1 da Feira Internacional de Lisboa (FIL).

Nov 21

VISITA DE ESTUDO AOS LOCAIS DE CULTO EM LISBOA

Veja o documento com a notícia aqui

Nov 21

Contratação de Escola 2019-2020

Lista Ordenada Final

Horário n.º 32 – Grupo de Recrutamento 520 – Biologia e Geologia

Para consulta do documento, clique aqui

Nov 21

Dia Internacional da Filosofia

Mensagem de Audrey Azoulay, Diretora-Geral da UNESCO, por ocasião do Dia Internacional da Filosofia

21 de novembro de 2019

“A Filosofia nasceu do nosso assombro pelo mundo e pela nossa existência”. Existem várias definições de filosofia, mas a de Arthur Schopenhauer, na sua obra-prima O Mundo como Vontade e Representação,é talvez uma das mais brilhantes.

A filosofia consistiria assim numa busca perpétua do questionamento que, em vez de ver o mundo como uma certeza, o vê antes como uma interrogação. Através do seu gosto por paradoxos, do seu constante questionamento dos preconceitos, a filosofia é um convite para pensar o mundo em toda a sua riqueza e complexidade.

Esta habilidade para o assombro remonta a uma tradição milenar, que surgiu há mais de 3 mil anos na China, no Médio Oriente e na Grécia Antiga; mas, apesar do seu caráter ancestral, o questionamento filosófico em nada perdeu a sua atualidade.

Num momento em que o extremismo e a rapidez das grandes transformações do mundo por vezes nos confundem, a filosofia é extremamente útil. Permite-nos distanciarmo-nos e, simultaneamente, e vermos mais além, observarmos o horizonte sem perdermos de vista o presente.

A revolução da inteligência artificial, em particular, é um terreno propício ao questionamento filosófico. Como conciliar tecnologia e humanidade? Como garantir uma ética da ciência? Estes questionamentos, tradicionais no domínio da filosofia ética ou científica, estão a encontrar um novo eco neste início do século XXI.

A filosofia é uma ferramenta valiosa para refletirmos sobre a mudança; é também uma abordagem que promove o diálogo e a tolerância. Ler as obras de Chuang-Tzu, o pai do Taoismo, Nagarjuna, o virtuoso dialético do Budismo, Avicena, o médico e filósofo, Moisés Maimónides, o filósofo Talmudista, ou Hannah Arendt e Simone Weil, é tomar consciência da universalidade dos seus questionamentos e envolver-se num exercício propício à abertura, à tolerância e in fine à paz entre os povos.

Por todos estes motivos, a UNESCO sempre alentou a filosofia. A UNESCO é uma instituição que põe em prática um projeto filosófico – a filosofia dos direitos humanos que foi a de Emmanuel Kant ou de Bernadin de Saint-Pierre. De certa forma, pode dizer-se que a UNESCO, cujo mandato reflete a vocação universal da filosofia, é ela própria uma filosofia.

Neste Dia Mundial da Filosofia, a UNESCO convida-vos também a experimentar este assombro pelo mundo e pelo ambiente, a desmascarar os dogmas e os preconceitos, em suma, a descobrir a universalidade da condição humana.

Nov 20

Contratação de Escola 2019-2020

Aviso de Abertura de Concurso

Horários n.º 42 – Grupo de Recrutamento 550 – Informática

Para consulta do documento, clique aqui

Nov 20

Contratação de Escola 2019-2020

Aviso de Abertura de Concurso

Horários n.º 39, 40 e 41 – Grupo de Recrutamento 550 – Informática

Para consulta do documento, clique aqui

Nov 20

Teatro debate

No dia 19 de novembro, decorreu na Escola Básica e Secundária de Gama Barros uma peça de teatro debate sobre bullying, denominada Macacos e Pombos, com o apoio do IPDJ.

Estiveram presentes os alunos de duas turmas do 8.º ano de escolaridade, acompanhados pelas suas professoras Maria Alexandra de Ciência Naturais e Maria João de Físico-Química. Mais uma vez se verificou um grande interesse da generalidade dos alunos desta faixa etária pelo teatro debate. Este tipo de teatro permite a sua participação em debates sobre comportamentos, entre pares, de forma organizada. São de salientar os alunos que conseguem ir ao palco, para intervirem lá, como se fossem autênticos atores, marcando uma presença notável e deixando todos os presentes admirados.

Teatro-Debate-1

Picture 1 of 8

Nov 20

Quarenta Mil Quilovátios

Quarenta Mil Quilovátios é a nova produção do Teatromosca e da MUSGO que estreou no Auditório Municipal António Silva, no dia 7 de novembro. Inspirada em factos reais, esta dramatização propõe uma reflexão sobre aspetos comportamentais da adolescência, aliados às condições de vida nos subúrbios.

Mas, o que são “Quarenta Mil Quilovátios”?

Dizem os autores que é o valor correspondente à tensão dos cabos elétricos que alimentam carruagens ferroviárias.

Porém, eis a verdadeira questão: Quilovátio ou Quilowatt? Tensão ou potência?

Conhecem James Watt? Não? Então, vamos pesquisar.

Nasceu em 1736 e foi um matemático e engenheiro britânico. Foi o inventor do motor a vapor e emergiu na comunidade científica com o “poder” de potência.  A potência é uma grandeza física que, no Sistema Internacional de Unidades, se exprime em watt ou num dos seus múltiplos, o quilowatt.

Conclusão: Vamos todos ver a peça “Quarenta Mil Quilovátios”, mas façamos uma homenagem justa a James Watt afirmando que a unidade de potência é o watt e não o vátio.

Alunos de Química da Turma 12.º CT2

Nov 20

Curso sobre Prevenção de Infeções e Resistência aos Antibióticos

Este curso destina-se a qualquer cidadão interessado em aprofundar o seu conhecimento sobre a prevenção de infeções e resistência aos antibióticos.

Pode fazer a sua inscrição, gratuita, aqui

Nov 18

Visita de Estudo à Fragata Corte-Real

No âmbito da Flexibilidade Curricular, da disciplina de Desenho A, e do Atelier de Artes, realizou-se, no passado dia 6 de novembro, uma visita de estudo ao NRP Corte-Real com os alunos das três turmas do Curso Cientifico-Humanístico de Artes Visuais. Acompanharam-nos, na visita, os professores Celeste Gonçalinho, Ana Paula Luz e António Silvano, respetivamente docentes que lecionam as disciplinas de Desenho A, Português e Geometria Descritiva.

O NRP Corte-Real é um navio de guerra dos mais importantes ao serviço da Marinha Portuguesa, tratando-se duma fragata que pertence à classe Vasco da Gama, e que visitámos na Base Naval do Alfeite.

A referida fragata com 3 200 toneladas de peso, 115 metros de comprimento, 14,2 metros de largura e velocidade de trinta e dois nós, 64 Km/h, encontra-se fortemente equipada e tecnicamente preparada para se defender em situações de ataque.

Das muitas e complexas missões que realiza podem destacar-se as de caráter humanitário de resgate de refugiados, de combate à pirataria, operações, que envolvem alto risco, mas que contribuem, decisivamente, para o bem da humanidade.

O navio Corte-Real é uma espécie de fortaleza deslizante sobre as águas dos mares e oceanos ao serviço de todos nós.

Todos os alunos participantes nesta visita de estudo estão de parabéns pelo comportamento exemplar que adotaram.

Saiba mais aqui

Fragata-1

Picture 1 of 11