Set 15

Contratação de Escola 2019-2020

Lista Ordenada Final

Horário n.º 8 – Grupo de Recrutamento 290 – Educação Moral e Religiosa Católica

Para consulta do documento, clique aqui

Set 12

Festival de artes performativas em Sintra – MUSCARIUM#5

No ano em que o teatromosca celebra 20 anos de existência, a companhia organiza a 5.ª edição do festival de artes performativas em Sintra, MUSCARIUM#5, que decorre de 12 a 22 setembro.

Mais informações aqui

Set 10

Contratação de Escola 2019-2020

Aviso de Abertura de Concurso

Horário n.º 9 – Grupo de Recrutamento 520 – Biologia e Geologia

Para consulta do documento, clique aqui

Set 10

Contratação de Escola 2019-2020

Aviso de Abertura de Concurso

Horário n.º 8 – Grupo de Recrutamento 290 – Educação Moral e Religiosa Católica

Para consulta do documento, clique aqui

Set 08

Dia Internacional da Alfabetização – 8 de setembro

Mensagem da Diretora-Geral da UNESCO, por ocasião do

Dia Internacional da Alfabetização

 “Alfabetização e plurilinguismo”

8 de setembro de 2019

O nosso mundo é rico e diverso, existem mais de 7000 línguas vivas. Estas línguas são instrumentos de comunicação, de acesso à aprendizagem ao longo da vida e de participação na sociedade e no mundo do trabalho. Estão também intimamente ligadas a identidades, culturas, visões do mundo e sistemas de conhecimento. Assim, é fundamental ter em consideração a diversidade linguística no desenvolvimento da educação e da alfabetização, pois trata-se de uma peça-chave na construção de sociedades inclusivas, respeitadoras da “diversidade” e da “diferença”, preservando simultaneamente a dignidade humana.

Hoje em dia, o plurilinguismo – i.e. o uso de mais do que uma língua na vida cotidiana – é cada vez mais comum devido à maior mobilidade das populações e à crescente ubiquidade da comunicação multimodal e instantânea. A sua configuração tem evoluído com a globalização e a digitalização. Enquanto o uso de certas línguas tem aumentado por via do diálogo entre países e comunidades, várias línguas minoritárias e indígenas estão em perigo. Estas tendências têm repercussões no desenvolvimento da alfabetização.

Enquanto diferentes aspetos das políticas e práticas interagem para promover a alfabetização, o desenvolvimento de sólidas competências linguísticas básicas numa língua materna, antes de se iniciar uma segunda língua ou uma língua estrangeira, apresenta múltiplas vantagens. Contudo, cerca de 40% da população mundial não tem acesso ao ensino numa língua que fala ou que compreende. Precisamos de mudar esta situação, tornando as políticas e práticas mais pertinentes do ponto de vista linguístico e cultural, enriquecendo os ambientes alfabetizados multilingues e tirando partido do potencial da tecnologia digital. Ao longo de mais de sete décadas, a UNESCO apoiou as abordagens de educação baseadas na língua materna e no plurilinguismo como um meio para melhorar a qualidade da educação e o entendimento intercultural. Como referiu um dia Nelson Mandela, “Se falares a um homem numa linguagem que ele compreenda, a tua mensagem entra na sua cabeça. Se lhe falares na sua própria linguagem, a tua mensagem entra-lhe diretamente no coração”. A combinação da cabeça e do coração é a chave para uma aprendizagem eficaz.

Em 2019, celebramos o Ano Internacional das Línguas Indígenas e também o 25º aniversário da Conferência Mundial sobre as Necessidades Educativas Especiais, no âmbito da qual foi adotada a Declaração de Salamanca relativa à educação inclusiva. Fazendo eco a estes eventos especiais, e por ocasião do Dia Internacional da Alfabetização 2019, a UNESCO convida-o a repensar a alfabetização no mundo multilingue contemporâneo, como parte do direito à educação e como meio para criar sociedades mais inclusivas e diversas do ponto de vista linguístico e cultural.

Audrey Azoulay

Pode obter mais informações no sítio da Unesco, clicando nos links abaixo:

Link1

Link2

Link3

Set 03

Regresso às aulas em segurança

Com o novo ano letivo à porta, a Direção-Geral do Consumidor renova a brochura informativa “Regresso às aulas em segurança”, que visa alertar para a promoção da saúde e da segurança dos mais novos no seu regresso às aulas – 2019-2020.

O folheto – Regresso às aulas em segurança – dá conselhos e informações sobre alguns produtos específicos para o início do ano letivo e a sua organização, promovendo a segurança de crianças e jovens no que diz respeito a diversos aspetos, desde o material escolar ao vestuário, passando pelas deslocações e alimentação, e tendo em conta a reutilização e uma série de dicas para poupar e gerir o consumo de uma forma mais sustentável.

Pode consultar o folheto aqui

Ago 20

O Zoo Online – Edição em língua portuguesa

Segundo informação no site da DGE, a versão, em língua portuguesa, do livro O Zoo Online já está disponível.

Esta publicação, que pretende sensibilizar para a utilização segura da Internet e contribuir para a educação para a justiça, resulta de um projeto cofinanciado pela União Europeia.

Trata-se de uma ação do ISPA – Provedores de Serviço Internet da Áustria, enquanto parte da iniciativa Saferinternet.at, que, recorrendo a mensagens positivas, procura capacitar crianças, com idades compreendidas entre os 4 e 9 anos, de modo a utilizarem e a beneficiarem da Internet, de forma segura.

Para além disso, pretende também contribuir para o combate da UNODC (United Nations Office on Drugs and Crime) contra o cibercrime e para a consecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, estabelecidos pelas Nações Unidas (n.º s 4, 5, 10 e 16).

Pode encontrar a versão do livro em português e noutras línguas aqui

Ago 08

Projeto eTwinning distinguido com Selo Nacional de Qualidade

O Agrupamento de Escolas D. Maria II recebeu mais um Selo Nacional de Qualidade eTwinning pelo projeto ” Let’s celebrate Unesco Days together”, dinamizado pelas professoras Lina Pereira e Maria do Rosário Portugal com alunos e parceiros europeus da Albânia, Alemanha, Espanha, Itália e Polónia. Este projeto eTwinning, que já é o décimo quinto a ser distinguido com o Selo Nacional no nosso Agrupamento, teve como objetivo a comemoração dos dias internacionais da UNESCO, envolvendo as disciplinas de Línguas e Geografia, a Cidadania  e o programa Eco-Escolas. O Serviço Nacional de Apoio eTwinning salientou também a utilização das TIC para a elaboração das publicações digitais, nomeadamente o e-book e a revista eletrónica, que divulgam a diversidade linguística e sítios do Património Cultural da Unesco.

Os alunos, a quem serão atribuídos certificados eTwinning, foram a chave do nosso sucesso e realizaram aprendizagens que não seriam possíveis sem a realização destes projetos.

Somos um Agrupamento galardoado com o Selo Escola eTwinning e vamos continuar a trabalhar em 2019/2020! Agora ficamos à espera do Selo Europeu eTwinning!

Parabéns a todos os envolvidos!

A Coordenadora de Projetos eTwinning

Lina Pereira

eTwinning-1

Picture 1 of 4

Ago 02

MOCHILA SOLIDÁRIA

Como já foi noticiado na página do Agrupamento de Escolas D. Maria II, os alunos de Artes dos 10.º e 11.º anos de escolaridade participaram nesta campanha solidária denominada “MOCHILA ESPERANÇA” em colaboração com instituições como a SIC Esperança, a FUNDAÇÃO EDP, e outras, tendo-se organizado e disponibilizado generosamente para dar o seu contributo em prol das populações mais atingidas pelo ciclone IDAI.

Esse exemplo de boa vontade, traduziu-se na angariação de 4 unidades (mochilas completas) com produtos vários de primeira necessidade entre os quais se destacam: sabão, tachos, colheres e garfos, atum, arroz, massas, grão, camisolas de algodão, etc.

O texto abaixo faz parte de um comunicado interno divulgado internamente na Fundação EDP para dar conhecimento da chegada dos produtos ao seu destino, informação que chegou até nós através da mesma fonte que nos convidou a participar: um colaborador desta Fundação.

Agradeço, verdadeiramente reconhecida e emocionada, aos meus alunos das turmas acima referidas, pelo seu gesto humanitário.

O meu muito obrigada, para eles.

Professora Celeste Gonçalinho

“Uma equipa constituída por alguns dos parceiros que se juntaram à Associação APOIAR na campanha Apoiar Moçambique estiveram esta semana no Dondo, na província de Sofala, a distribuir as mais de cinco mil Mochilas Esperança angariadas.

Poucos dias após a passagem do ciclone Idai ter devastado a região da Beira, em Moçambique, em março deste ano, a EDP associou-se ao Movimento Apoiar Moçambique, da SIC Esperança, para promover uma recolha de bens essenciais para ajudar as famílias mais afetadas pelo desastre.

Foi assim desenhado um plano de ação pelo Programa de Voluntariado da EDP, em colaboração com a EDP Imobiliária, o qual contou com o apoio de mais de 50 focal points e de toda a equipa de gestores de instalações, de Norte a Sul do país. 

Cerca de três mil colaboradores responderam ao apelo, juntamente com familiares e amigos, e juntos conseguimos angariar os bens necessários para 2.100 mochilas, e ainda, utensílios para cozinhar, bens alimentares não perecíveis, medicamentos e roupa de adulto e criança. O nosso contributo já foi distribuído a 2.100 famílias e vai beneficiar um total de 12.600 pessoas.”


Jul 22

Campanha “Mochila Leve”

“Mochila Leve” é o nome da campanha de sensibilização para a questão do peso excessivo das mochilas, divulgada em todas as plataformas e serviços da área de governação da Educação, em particular na Plataforma Mega (para aceder basta clicar), que disponibiliza gratuitamente manuais do 1.º ao 12.º anos, alcançando 1,2 milhões de alunos e respetivas famílias. 

A campanha chegará também a todas as escolas e entidades, como associações de pais e de estudantes, diretores, na perspetiva de que todos estão convocados para fazerem o que está ao seu alcance.

Esta campanha, que desafia alunos e encarregados de educação, escolas e professores a seguirem cerca de duas dezenas de recomendações, que incluem medidas de planificação, gestão do material escolar e iniciativas que podem envolver os encarregados de educação, tem lugar de destaque no sítio e na app da plataforma.

Apresentação da campanha “Mochila Leve” aqui

Sugestões para “Mochila Leve” aqui