Ago 02

MOCHILA SOLIDÁRIA

Como já foi noticiado na página do Agrupamento de Escolas D. Maria II, os alunos de Artes dos 10.º e 11.º anos de escolaridade participaram nesta campanha solidária denominada “MOCHILA ESPERANÇA” em colaboração com instituições como a SIC Esperança, a FUNDAÇÃO EDP, e outras, tendo-se organizado e disponibilizado generosamente para dar o seu contributo em prol das populações mais atingidas pelo ciclone IDAI.

Esse exemplo de boa vontade, traduziu-se na angariação de 4 unidades (mochilas completas) com produtos vários de primeira necessidade entre os quais se destacam: sabão, tachos, colheres e garfos, atum, arroz, massas, grão, camisolas de algodão, etc.

O texto abaixo faz parte de um comunicado interno divulgado internamente na Fundação EDP para dar conhecimento da chegada dos produtos ao seu destino, informação que chegou até nós através da mesma fonte que nos convidou a participar: um colaborador desta Fundação.

Agradeço, verdadeiramente reconhecida e emocionada, aos meus alunos das turmas acima referidas, pelo seu gesto humanitário.

O meu muito obrigada, para eles.

Professora Celeste Gonçalinho

“Uma equipa constituída por alguns dos parceiros que se juntaram à Associação APOIAR na campanha Apoiar Moçambique estiveram esta semana no Dondo, na província de Sofala, a distribuir as mais de cinco mil Mochilas Esperança angariadas.

Poucos dias após a passagem do ciclone Idai ter devastado a região da Beira, em Moçambique, em março deste ano, a EDP associou-se ao Movimento Apoiar Moçambique, da SIC Esperança, para promover uma recolha de bens essenciais para ajudar as famílias mais afetadas pelo desastre.

Foi assim desenhado um plano de ação pelo Programa de Voluntariado da EDP, em colaboração com a EDP Imobiliária, o qual contou com o apoio de mais de 50 focal points e de toda a equipa de gestores de instalações, de Norte a Sul do país. 

Cerca de três mil colaboradores responderam ao apelo, juntamente com familiares e amigos, e juntos conseguimos angariar os bens necessários para 2.100 mochilas, e ainda, utensílios para cozinhar, bens alimentares não perecíveis, medicamentos e roupa de adulto e criança. O nosso contributo já foi distribuído a 2.100 famílias e vai beneficiar um total de 12.600 pessoas.”


Jul 22

Campanha “Mochila Leve”

“Mochila Leve” é o nome da campanha de sensibilização para a questão do peso excessivo das mochilas, divulgada em todas as plataformas e serviços da área de governação da Educação, em particular na Plataforma Mega (para aceder basta clicar), que disponibiliza gratuitamente manuais do 1.º ao 12.º anos, alcançando 1,2 milhões de alunos e respetivas famílias. 

A campanha chegará também a todas as escolas e entidades, como associações de pais e de estudantes, diretores, na perspetiva de que todos estão convocados para fazerem o que está ao seu alcance.

Esta campanha, que desafia alunos e encarregados de educação, escolas e professores a seguirem cerca de duas dezenas de recomendações, que incluem medidas de planificação, gestão do material escolar e iniciativas que podem envolver os encarregados de educação, tem lugar de destaque no sítio e na app da plataforma.

Apresentação da campanha “Mochila Leve” aqui

Sugestões para “Mochila Leve” aqui

Jul 09

“QUERES DAR UM MERGULHO?”

O Oceano, fundamental para a dinâmica do sistema Terra, tem um papel essencial no bem-estar e na qualidade de vida da sociedade, sendo uma importante fonte de recursos, de rendimento e de estudo da biodiversidade. Contudo, as imagens recentes dos ecossistemas marinhos, “inundados” de resíduos da atividade humana, revelam-nos como as nossas ações quotidianas perturbam o seu equilíbrio e a sua sustentabilidade.

O projeto “Queres dar um mergulho?”, desenvolvido no âmbito da disciplina de Ciências Naturais ao longo deste ano letivo, desafiou os alunos dos 8.º anos de escolaridade a refletirem sobre o Oceano e o seu papel na sustentabilidade do planeta, alertando-os para as consequências do consumismo na produção de resíduos e os seus efeitos nos ecossistemas marinhos. Partindo da situação-problema “Qual a relação entre os resíduos deitados para o chão no recinto escolar e a poluição dos ecossistemas marinhos?”, os alunos foram envolvidos em atividades de consciencialização do impacto das decisões individuais na problemática em estudo, procurando que desenvolvessem a consciência de que são parte importante da sua resolução:

– Visita de sensibilização à exposição “Os intrusos do costume na tua praia. Do rio ao mar, sem lixo”, promovida pelo Eco-Escolas e da responsabilidade da ABAE;

– Dinamização do envolvimento dos alunos com envio de fotos sobre os resíduos deitados para o chão do recinto escolar;

– Participação em atividades de sensibilização de recolha e separação dos resíduos plásticos encontrados no chão do recinto escolar e com impacto nos ecossistemas envolventes;

– Passeio Interpretativo à Área Marinha Protegida das Avencas com o objetivo de observar, recolher e analisar dados relativos à biodiversidade marinha e ao impacto do consumismo na produção de resíduos plásticos nos ecossistemas marinhos costeiros envolventes à escola;

– Participação na palestra “Resíduos”, promovida pelos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra, no sentido de promover a mudança de comportamentos neste âmbito;

– Cálculo da Pegada Ecológica;

– Sensibilização da comunidade educativa para a relação entre os resíduos plásticos e a redução da biodiversidade marinha e os seus impactos na sustentabilidade do Oceano, através da exposição de trabalhos de reaproveitamento dos resíduos plásticos recolhidos (exposição no Pavilhão B).

Esperando ter contribuído para o despertar da responsabilidade cívica fundamentada dos nossos alunos, as professoras responsáveis agradecem o empenho e a criatividade de todos os envolvidos…

… por uma escola limpa e pela preservação da biodiversidade!

As professoras responsáveis,

Marlene Serras

Maria Alexandra Duarte

Sandra Lobo

Foto-1

Picture 1 of 14

Jul 05

O teatromosca estreia “O DEUS DAS MOSCAS”, em Sintra

O teatromosca, um dos parceiros do Agrupamento D. Maria II, na área artística, tem uma nova criação – O Deus das Moscas. É uma adaptação do reconhecido romance de William Golding, com encenação de Pedro Alves, banda sonora original de Noiserv, cenografia de Pedro Silva, figurinos de Isadhora Müller, desenho de luz de Carlos Arroja, estreia no encantador espaço da Quinta da Ribafria, em Sintra, no dia 18 de julho e aí estará em cena até 31 de agosto, às sextas e sábados, às 21.30h.


Pode visitar o site do teatromosca aqui

Veja o trailer do espetáculo aqui

Aceda à informação sobre a peça aqui

Jul 02

O Mágico Veio ao Jardim de Infância

No dia 3 de junho, o jardim de infância Cacém n.º 1 viveu momentos de verdadeira magia, com a visita de um ilustre mágico.

A vida das crianças é, por inerência, mágica pelas constantes descobertas diárias. Para comemorarmos o Dia da Criança, as educadoras prepararam este dia com magia. Com as palavras mágicas, abracadabra…pé de cabra…e a varinha mágica na mão o mágico iniciou o espectáculo de magia e de ilusionismo, que deslumbrou a pequenada e os adultos deste jardim de infância.

Os sorrisos estampados transbordaram as emoções sentidas. O público foi muito atento e participativo.

À tarde as crianças tiveram oportunidade de registar graficamente o momento de magia de que mais gostaram e, com lápis mágicos, surgiram obras de arte magníficas. O dia no jardim de infância terminou com a oferta de uma pulseira mágica que deliciou as crianças.

Plim, plim, plim a magia acontece assim!

Foto-1

Picture 1 of 5

Jul 02

Dia de Aulas ao Ar Livre

No dia 23 de maio, comemorou-se o Dia de Aulas ao Ar Livre e o Jardim de Infância Cacém n.º 1 aderiu novamente a esta iniciativa. O Dia de Aulas ao Ar Livre consiste numa campanha mundial que visa celebrar e inspirar a aprendizagem e as brincadeiras ao ar livre.

A manhã teve início com um passeio pelas ruas do Cacém, onde as crianças distribuíram bons dias às pessoas que foram encontrando, fomentando-se as atitudes e os valores.

A imaginação esteve ao rubro com os novos brinquedos que consistiram em paus, pedrinhas e terra, enquanto brincavam no exterior.

As curiosidades, enquanto contactavam com a natureza, levaram à descoberta de insetos no jardim. Com os olhos bem atentos constataram o movimento do ar através dos moinhos de vento. Os pequenos grandes artistas participaram ainda em produções plásticas e produziram maravilhosas obras de arte.

As crianças desenvolveram capacidades motoras, sociais e emocionais, sempre com um sorriso lindo, o que tornou o dia muito especial!

Foto-1

Picture 1 of 6

Jul 02

Notícias de Voleibol em Vale Mourão

Pelo segundo ano consecutivo, a escola EB de Vale Mourão contou com uma equipa de Voleibol com treinos às quartas e sextas-feiras, após o período letivo, e o sucesso do ano passado foi superado este ano com 5 pódios nos três torneios em que participámos.

No Torneio Regional Gira-Vólei, realizado em Lisboa no dia 4 de maio, participámos com 6 duplas no setor masculino e 3 duplas no setor feminino, sendo que, das 6 duplas masculinas, 4 passaram aos quartos-de-final do torneio e, destas, uma das duplas foi a primeira classificada (Pedro Loureiro e Rodrigo Videira) e a outra ficou em terceiro lugar (Tomás Grosso e José Silva). Este torneio serviu também de apuramento para a fase nacional (primeiros e segundos classificados).

Uma vez apurados para o Torneio Nacional Gira-Vólei, realizado em Castelo de Vide nos dias 1 e 2 de junho, a dupla Pedro Loureiro e Rodrigo Videira esteve presente no torneio com o professor de AFD Fábio Pereira, tendo obtido um honroso terceiro lugar, classificação que já não era obtida pela AVLisboa, neste escalão, desde 2013.

Por último, no Torneio para os quintos anos de escolaridade, realizado na Escola Básica e Secundária de Gama Barros no dia 13 de junho, participámos com 2 equipas masculinas e 1 feminina e a competir contra alunos com mais idade, obtivemos um incrível segundo lugar no setor masculino e um terceiro lugar no setor feminino, ressalvando que, na equipa feminina constituída por 5 elementos, 3 frequentam o terceiro ano de escolaridade.

Resumindo:

Torneio Regional Gira-Vólei – Um primeiro lugar e um terceiro lugar;

Torneio Nacional Gira-Vólei – Um terceiro lugar;

Torneio 5.º anos na Escola Básica e Secundária de Gama Barros – Um segundo lugar e um terceiro lugar.

Para a obtenção destes resultados todos os alunos foram importantes e, portanto, ficam aqui os nomes de todos eles: Pedro Loureiro, Rodrigo Videira, Rodrigo Couto, Tomás Grosso, Eduardo Monteiro, Lara Machado, Bianca Martinho, Helena Tomás, Margarida Carvalho, Margarida Brito, David Durão, Rafael Barata, Diogo Maria, Gonçalo Guerreiro, José Silva, Tiago Pereira, Pedro Simões, Afonso Santos, Lourenço Silva, Leonor Cerqueira, Cíntia Silva, Madalena Pinheiro e Maria Santos.

Para terminar o ano tivemos o treino aberto aos pais/familiares para poderem jogar com os alunos.

Parabéns a todos. Para o ano haverá mais histórias para contar!

Foto-1

Picture 1 of 5

Jul 02

Dia Internacional da Família

O dia 15 de maio amanheceu com um sol radioso e uma temperatura amena. Para comemorar o Dia Internacional da Família, o Jardim de Infância Cacém n.º 1 convidou os familiares das crianças para passarem uma manhã diferente na nossa companhia.

Iniciámos a receção dando as boas vindas e com os petizes bem afinados a cantarem “Gosto muito da minha família”. Seguiu-se o momento do hastear da bandeira do Projeto Eco-Escolas e depois, todos juntos, partilhámos bons momentos, acompanhados de sorrisos e, com muita animação, participámos nas várias atividades que toda a equipa pedagógica e crianças preparam com muito carinho. Degustámos bolos deliciosos partilhados pelas famílias num lanche convívio.

E tudo ficou registado nos nossos corações e em fotos maravilhosas!

Foto-1

Picture 1 of 6

Jul 02

Dia Internacional da Dança

No dia 29 de abril, o Jardim de Infância Cacém n.º 1 comemorou o Dia Internacional da Dança. Este dia foi comemorado com atividades dinamizadas pelas educadoras das quatro salas, com o objetivo de destacar a importância da dança enquanto arte expressiva.

As crianças acompanharam as coreografias, “passito a passito”, os pezinhos foram deslizando e acompanhando os vários estilos musicais com movimentos muito coordenados, direita, esquerda, para cima, para baixo. No rosto os sorrisos surgiram num momento de diversão.

Todos juntos rodopiámos e demos asas à criatividade.

Foto-1

Picture 1 of 5

Jul 02

Campanha Semana Europeia da Segurança na Água 2019

De acordo com notícia da Direção-Geral da Educação, esta Direção-Geral, no âmbito do Centro de Sensibilização SeguraNet, associou-se à campanha Semana Europeia da Segurança na Água 2019, que se assinalou entre os dias 21 e 27 de junho. Esta campanha é uma iniciativa do Projecto MiudosSegurosNa.Net, é certificada e apoiada pela Neptune Serenity – Associação de Prevenção do Afogamento, contando também com o apoio da Confederação Nacional das Associações de Pais e do Instituto de Apoio à Criança.

As mensagens desta campanha são:

“Este verão, na praia, no rio ou na piscina, guarde o telemóvel, levante a cabeça e vigie as crianças” e “Este verão, na praia, no rio ou na piscina ignore o telemóvel. Não ignore a criança”.

Spots de divulgação disponíveis:

Spot 1, aqui

Spot 2, aqui

Esta campanha voltará a ser disseminada durante a Semana Nacional de Prevenção do Afogamento 2019 que irá decorrer entre os 21 a 27 de julho.