Set 30

Cerimónia de entrega do Selo Escola eTwinning à Escola Básica e Secundária de Gama Barros/Agrupamento D. Maria II, Sintra

No dia 26 de setembro, realizou-se a cerimónia de entrega do Selo Escola eTwinning à Escola Básica e Secundária de Gama Barros/Agrupamento D. Maria II, Sintra.

A entrega foi feita ao professor António Gouveia, Diretor do Agrupamento, pela professora Ana Pina, embaixadora eTwinning, da DGE, na BE/CRE da escola sede.. Estiveram presentes os alunos do 2.º PTIS e do 9.º 5.ª, com as professoras Carla Frazão e Lina Pereira, a professora Angelina Fortes, Presidente do Conselho Geral do Agrupamento  e uma representação da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola.

O Selo de Escola eTwinning foi introduzido em 2017 para reconhecimento e distinção à participação, empenho e dedicação  não só de professores, como a equipas de professores e diretores da mesma escola . O Agrupamento D. Maria II foi um dos 12 distinguidos na Região de Lisboa e Vale Tejo.

A candidatura a este Selo foi elaborada pela professora Lina Pereira, com a colaboração da professora Ana Paula Santos e do professor Adérito Cunha.

Selo eT

Set 28

Cerimónia de entrega do Selo Escola Amiga das Crianças à Escola Básica e Secundária de Gama Barros

No dia 26 de setembro, realizou-se a cerimónia de entrega do Selo Escola Amiga das Crianças à Escola Básica e Secundária de Gama Barros.

A entrega foi feita ao professor António Gouveia, Diretor do Agrupamento, pelo  Dr. José Manuel Gonçalves, da Direção Executiva da CONFAP, na BE/CRE da Escola. Estiveram presentes os alunos do 2.º PTIS e do 9.º 5.ª, com as professoras Carla Frazão e Lina Pereira, a professora Angelina Fortes, Presidente do Conselho Geral do Agrupamento  e uma representação da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola.

Este Selo foi atribuído para distinção das seguintes quatro candidaturas da Escola ao concurso Selo Escola Amiga das Crianças:

- (Con)vivência intercultural;

- Eco-Lojinha de Solidariedade Social;

- Espaços verdes e outros, de recreio e convívio;

- Segurança digital.

As candidaturas foram elaboradas pelo professor Adérito Cunha, coordenador do Projeto Em Rede, que contou com a colaboração das professoras Carla Frazão, Lina Pereira e Rosário Portugal e dos professores António Ratão, António Silvano e Rui Correia.

selo escola amiga-2selo escola amiga-1

Set 22

Contratação de Escola 2017-2018

Lista Ordenada Final

Horário n.º 17 – Grupo de Recrutamento 290 – Educação Moral e Religiosa

Para consulta do documento, clique aqui

Set 21

Mensagem da Diretora-Geral da UNESCO por ocasião do Dia Internacional da Paz

Unesco-2Mensagem da Diretora-Geral da UNESCO
por ocasião do Dia Internacional da Paz
21 de setembro de 2018

“Não haverá paz neste planeta enquanto, algures no mundo, os direitos humanos forem violados.”

Neste Dia Internacional da Paz, as palavras de René Cassin, um dos artesãos da Declaração Universal dos Direitos Humanos em 1948, relembram-nos que a paz continua a ser um ideal inalcançável enquanto os direitos humanos fundamentais não forem respeitados. São, pois, a condição primordial de uma sociedade pacífica em que a dignidade de todos os indivíduos é respeitada e onde todos podem usufruir de direitos iguais e inalienáveis.

Estas palavras também nos relembram do nosso dever de solidariedade para com os nossos semelhantes; a paz é imperfeita e frágil se não beneficiar a todos e a todas. Os direitos humanos ou são universais ou não são. Esta ligação intrínseca entre paz e respeito pelos direitos fundamentais constitui o tema desta nova edição do Dia Internacional da Paz, no momento em que se celebra o 70º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Os ideais de paz e de direitos universais são, todos os dias, contestados e violados. Existem vários obstáculos para a sua realização. A nossa capacidade em edificarmos um mundo feito de harmonia, de compreensão e de coexistência pacífica é posta à prova pelos mais diversos desafios: desigualdades sociais e económicas que causam sofrimento e pobreza; alterações climáticas que geram novos conflitos; explosão demográfica que cria novas tensões… Por outro lado, propagam-se também novas formas de populismo e de extremismo em todo o mundo.

Para vencermos estes desafios, temos de agir de forma coletiva e construir, passo a passo, o edifício da paz. Este é o objetivo do Programa da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, que apela a uma ação concertada para alcançarmos os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável, que contribuem para um mundo mais justo e mais pacífico – luta contra a pobreza, contra a fome, contra as desigualdades de género, promoção da educação, defesa da justiça, compromisso em favor de um ambiente saudável…

Todos os dias, a UNESCO, através dos seus programas e das suas ações no terreno, reafirma o seu compromisso original, consagrado no seu Ato Constitutivo: erguer os baluartes da paz no espírito das mulheres e dos homens. Líder da Década Internacional para a Aproximação das Culturas (2013-2022), a UNESCO investe-se totalmente no desenvolvimento de uma cultura de prevenção a nível mundial através da educação, da cooperação internacional e do diálogo intercultural.

O caminho para a paz é longo, mas cabe a todos e a cada um de nós influenciar o seu rumo ao comprometermo-nos, diariamente, em prol de uma sociedade mais inclusiva, mais tolerante e mais justa.

Audrey Azoulay

Unesco-1

Set 18

Contratação de Escola 2018-2019

Aviso de Abertura de Concurso

Horário n.º 17 – Grupo de Recrutamento 290 – Educação Moral e Religiosa Católica

Para consulta do documento, clique aqui

Set 15

CACIFOS DOS ALUNOS

Já está disponível o Regulamento para a utilização dos Cacifos.

A consulta do Regulamento poderá ser feita na página Documentos, ou clicando aqui

Set 13

III Jornadas de Projetos Curriculares do Agrupamento D. Maria II, Sintra

Logotipo-IRealizaram-se nos dias 7 e 11 de setembro, as III Jornadas de Projetos Curriculares do Agrupamento, para Docentes, de 2018/19.

Os docentes presentes foram os do primeiro de ano de cada nível/ciclo de ensino, abrangidos pelo projeto de Autonomia e Flexibilização Curricular, ao abrigo da legislação em vigor, bem como as educadoras de infância.

A realização destas III Jornadas só foi possível graças à generosa disponibilização dos seguintes promotores das sessões: professores António Ratão, António Silvano, Celeste Gonçalinho, Filomena Lima e Lina Pereira e psicóloga Carla Marques.

Colaboraram nas sessões destinadas às educadoras de infância e aos professores titulares do 1.º ano do Agrupamento, a educadora Leonor Henriques,  coordenadora do JI n.º 1 do Cacém e a professora Ana Luísa, coordenadora da EB do Cacém n.º 1.

Set 04

Defesa da Floresta Contra Incêndios

Defesa_incendiosNo âmbito da Educação para o Património Florestal divulgamos o primeiro vídeo da ação de sensibilização – Defesa da Floresta Contra Incêndios

Para ver o vídeo, clique aqui

Mini curso integral, gratuito, aqui

Jul 30

O Agrupamento recebe Selo Nacional de Qualidade

Selo-BSelo-A

Mais uma vez o nosso Agrupamento foi distinguido com o Selo Nacional de Qualidade eTwinning, reconhecendo assim o excelente trabalho realizado pelas professoras de Inglês e de Desenho A e dos respetivos alunos das turmas 8.º 8.ª e 10.º AV1, no âmbito do projeto eTwinning “Forget me not – build memories from buildings”.

Para visualizar os trabalhos apresentados, clique aqui

O referido projeto insere-se na temática do Ano Europeu do Património Cultural 2018 e teve como objetivo principal promover, proteger e valorizar o Património local, nacional e europeu, assim como desenvolver as competências de comunicação, de criatividade, de colaboração e digitais. Foi neste contexto, que as turmas desenvolveram as suas atividades colaborativas, em parceria com escolas da Alemanha, Grécia, Itália e Lituânia e participaram no Concurso Europeu para as escolas, promovido pelo Ministério da Educação e pelo Serviço de Apoio eTwinning da Alemanha.

O projeto foi desenvolvido na plataforma eTwinning, onde os profissionais da educação (educadores de infância, professores, diretores e bibliotecários) podem trabalhar colaborativamente com os seus alunos. Alguns produtos finais foram divulgados numa imagem interativa 3D, através do link divulgado aqui

O nosso reconhecido obrigado ao Serviço Nacional de Apoio eTwinning pela atribuição desta distinção ao Agrupamento de Escolas D. Maria II.

Veja as fotos aqui

Jul 25

Sinalética na Escola Básica e Secundária de Gama Barros

Integrada no Projeto Intercultural do Agrupamento, projeto “Encontro”, e no âmbito da disciplina de Oficina de Artes, os alunos do 12.º ano AV1 delinearam e desenvolveram a ideia de uma sinalética para aplicar no pátio da Escola Básica e Secundária de Gama Barros, durante o ano letivo.

O Agrupamento de Escolas D. Maria II, através das suas escolas, recebe, todos os anos, alunos das mais diversas origens o que faz dele um Agrupamento “Inclusivo”. Assim, entendeu-se haver a necessidade de objetivar uma forma de bem-receber estes alunos.

Durante o desenvolvimento deste projeto, tornou-se clara a impossibilidade dos alunos realizarem este trabalho na íntegra, já que teriam de manusear materiais que ofereciam alguma perigosidade para a saúde, por serem tóxicos. Este entrave forçou-nos a encontrar uma solução, sem perder de vista esta proposta. Assim, os professores de Artes, Celeste Gonçalinho e António Silvano, realizaram a parte final da pintura: uma faixa azul sobre a qual foram pintadas a palavra bem-vindo em diversos idiomas.

Este trabalho foi complexo devido à irregularidade do piso e ainda às más condições atmosféricas do sol e do vento intensos. Porém, foi um desafio interessante e motivador.

Veja as fotos aqui

Pagina 4 of 100« Inicio...23456...102030...Fim»