Abr 14

“Mochila Esperança”, Ao Povo Moçambicano

Na passada sexta feira, dia 5 de abril, foram entregues 4 Kits de bens de primeira necessidade, no edifício VIP, na sala do rés-do-chão na Fundação EDP (Museu da Eletricidade). Estes Kits constituem o donativo dos alunos dos 10.º e 11.º anos, do Curso de Artes Visuais do Agrupamento de Escolas D. Maria II, bem como da respetiva docente da disciplina de Desenho A.

Os alunos aderiram, sem hesitar, à iniciativa, organizando-se e distribuindo, entre si, a responsabilidade da recolha dos produtos solicitados pela organização da campanha.

Sensibilizou-os a tragédia que se abateu sobre as comunidades afetadas, sobretudo algumas famílias do Dondo (a cerca de 34 km da cidade da Beira), o que constituiu um desafio às capacidades físicas, psicológicas e morais, daquela gente que, dia a dia, e sem quaisquer recursos, luta pela vida, num contexto de verdadeira catástrofe!

A campanha foi lançada pela SIC Esperança, mas muito rapidamente encontrou associados como foi o caso da EDP, que custeou seis mil mochilas, para transporte dos bens recolhidos. Ainda outras empresas se associaram: Grupo Águas de Portugal, Grupo Lusíadas Saúde e Wells, todos focados em contribuírem para menorizarem as carências do povo de Moçambique e devolver-lhes alguma dignidade.

Bem-haja, aos meus alunos, por este gesto de solidariedade e de amor ao próximo!

Ajudar, é um dever cívico e moral de todos!…

Professora Celeste Gonçalinho

Ao povo Moçambicano

Hoje, sem este céu ilimitado

Sem este mar poderoso tão nosso

E sem um querer inabalável,

Como iriam tocar-se os nossos

E os vossos dedos indicadores,

Nessa imensidão de África,

Povo de Moçambique?!…

Mas o legado histórico que nos une,

A herança que temos desde o berço,

Dos Valores da Cooperação e do Respeito mútuo,

Hoje, amanhã e sempre,

O calor dos nossos afetos prevalecerá sobre a indiferença

E, seremos muitos, mesmo muitos,

A dar as mãos em nome duma efetiva amizade e estima!

Vamos lá, neste abraço, ao encontro do povo Moçambicano!…

Abr 14

Um dia em Sintra

Esta visita de estudo decorreu no dia 14 de março de 2019 e envolveu os alunos das turmas do 1.º ano do Curso Profissional de Técnico de Turismo (PTT) e os alunos do 10.º LH2. A acompanhar-nos foram as professoras Elsa Barreto, Ana Colaço e Otília Frazão. Tratou-se de uma viagem à vila de Sintra e ao Museu de História Natural com o objetivo de observarmos a evolução dos seres vivos.

Na parte da manhã, estivemos a passear por Sintra, passámos pelo Palácio da Vila, pela Quinta da Regaleira e, por fim, fomos à Piriquita, uma pastelaria bastante conhecida pelos seus famosos travesseiros. Após o almoço visitámos o Museu de História Natural.

O Palácio da Vila foi um dos palácios reais portugueses e a Quinta da Regaleira, também designada por Palácio do Monteiro dos Milhões e cuja denominação está associada à alcunha do seu antigo proprietário, António Augusto Carvalho Monteiro.

O Museu de História Natural de Sintra é um museu localizado no centro histórico da Vila Velha de Sintra.

O museu possui paleontologia (fósseis), mineralogia (minerais), malacologia (conchas) e petrografia (rochas).

O Museu abriu ao público no dia 1 de agosto de 2009, contando com todo o apoio doado por Miguel Barbosa e sua esposa, Fernanda Barbosa, apoio esse recolhido ao longo de mais de cinquenta anos. Segundo Miguel Barbosa, ele teve diversas ofertas do estrangeiro para receber a sua preciosa coleção.

O acervo conta com alguns dinossauros e ninhos de ovos da mesma espécie, vindas do Deserto de Gobi e ainda alguns fragmentos do meteorito de Nantan, vindo também da China que caiu na Terra no século XVI. Esta visita possibilitou-nos mais conhecimentos sobre esta vila mística, repleta de turistas de todo o mundo e património da humanidade.

Joana Vaz n.º 10 e Juny Baldé n.º 12 do 1.º PTT

Veja as fotos aqui

SINTRA-1

Picture 1 of 19

Abr 06

Um dia em Castelo de Vide

Os alunos do 1.º ano do Curso Profissional de Técnico de Turismo (PTT) e os alunos do 10.º ano de Artes Visuais, acompanhados pelos professores da Escola Básica e Secundária de Gama Barros, Ana Colaço, Jorge Ramos, Elsa Barreto, António Silvano e Pedro Vidal, foram até ao distrito de Portalegre conhecer a vila de Castelo de Vide.

Castelo de Vide é uma vila portuguesa no distrito de Portalegre, na região do Alentejo e sub-região do Alto Alentejo com cerca de 2 300 habitantes.

O carácter romântico da vila de Castelo de Vide, associado aos seus jardins, abundância de vegetação, clima ameno e proximidade da serra de São Mamede, tornou-a conhecida por ‘’Sintra do Alentejo’’ (essa designação foi atribuída ao rei D. Pedro V). É uma vila muito agradável com pessoas muito simpáticas que estão habituadas a receber muitos turistas.

Iniciámos a viagem logo pela manhãzinha indo de autocarro numa viagem muito longa que durou cerca de 2 horas e 30 minutos. Assim que chegámos ao destino, duas alunas do 1.º ano do Curso Profissional de Técnico de Turismo explicaram a importância da vila salientando os diversos monumentos e os locais da interesse da vila, destacando-se o alto do seu Castelo e os bonitos panoramas, mas também a “Judiaria”, um dos exemplos mais importantes e bem preservados da presença judaica em Portugal, remontando ao século XIII, preservando-se aqui igualmente um dos maiores espólios de arquitetura civil do período gótico.

Na majestosa Praça D. Pedro V encontra-se a Igreja de São João Baptista, o Hospital, instalado na casa onde nasceu o estadista Mouzinho da Silveira,

Fomos conhecendo a a zona e, chegando ao castelo, observámos e desfrutámos a vista da vila. Com o calor que já se sentia aproveitámos o facto de no encontrar-mos na vila e visitámos um conhecido museu “Sinagoga”, um museu que foi muito importante para os judeus que habitavam e se refugiavam nos meados do séc. XIV. Na altura o museu servia como uma igreja.

A visita terminou ao pôr do sol.

Martim Rigueiro n.º 17 e João Filipe n.º 11 do 1.º PTT

Veja as fotos aqui

20190315_111250

Picture 1 of 16

Abr 01

Orçamento Participativo das Escolas (OPE) 2019

LOGO-2018-NRealizou-se a 29 de março, a votação  da 3.ª edição do OPE da Escola Básica e Secundária de Gama Barros, com a imprescindível colaboração das professoras Angelina Fortes e Marlene Serras, das alunas Beatriz Ribeiro e Sara Vergueiro  e do aluno Rafael Lourenço.

Foi aprovada, por uma grande maioria de alunos votantes (98,5%), a proposta das alunas Beatriz e Luana e dos alunos Bernardo, Luís e Rafael, da Direção de Turma da professora Sílvia Nogueira.

Depois da proposta de cadeiras e mesas para as salas de aula e da proposta de cacifos, que ganharam as duas edições anteriores, chegou agora a vez de vencer uma proposta para melhoria das casas de banho, que o Diretor do Agrupamento irá implementar, tal como as anteriores.

Parabéns a todos os que contribuíram para mais este ganho da nossa Comunidade Educativa

Professor Adérito Cunha

(O Coordenador Local da Medida)

Abr 01

Cuidados a ter com os olhos

No primeiro dia de fevereiro, a nossa professora de Físico-Química, professora Angelina Fortes, solicitou-nos a realização de uma atividade prática, na qual tivemos de analisar duas publicidades: “ Fatores externos que agridem os olhos?” e “Olhos secos e irritados?”.

Tivemos oportunidade de consultar os textos: “Dispositivos digitais que levam a fadiga visual” e “O que é o olho seco?”.

Um mês antes foi solicitado, aos alunos das turmas 5.ª e 6.ª do oitavo ano de escolaridade, que nos dirigíssemos a uma ótica e solicitássemos um panfleto/folheto sobre um defeito de visão e a possibilidade de correção, explicando que foi um tema em estudo nas aulas de Físico-Química.

Com o resultado das nossas pesquisas preparámos um debate que decorreu na aula de cada uma das turmas. Posteriormente, escrevemos frases publicitárias que apelassem ao cuidado com os olhos. Eis o resultado:

– Protege os teus olhos, pois ninguém quer ter olhos em más condições!

– Não abuse, os seus olhos não aguentam!

– Proteja os seus olhos, evite a sua secura!

– É tempo de proteger os seus olhos contra as doenças!

– Não custa nada tirar 2 minutos do nosso tempo para cuidar dos nossos olhos!

– Cuide dos seus olhos, pois depende deles!

– Faz pelos teus olhos, faz por ti!

– Protege os teus olhos, pois ninguém os protege por ti!

– Cuide dos seus olhos, evite a exposição prolongada a dispositivos digitais!

– Trata bem dos teus olhos, não terás outros!

– Olhos secos e irritados? O melhor é hidratá-los!

– Cuide dos seus olhos, junte-se à prevenção!

– Cuide dos seus olhos. É importante, pois conseguir ver o pôr do sol é emocionante!

– Tal como cuidas da tua pele e dos teus cabelos, cuida dos teus olhos!

Consideramos que estas aulas  são produtivas. Adquirimos, de diferentes formas, conhecimentos e sensibilizou-nos para termos um maior cuidado e uma maior proteção com os nossos olhos.

Para refletir deixamos duas citações:

“Conhecer não é demonstrar nem explicar, é aceder à visão.”.

“A imaginação é a visão da alma.”.

Daniela Araújo

Letícia Silva

Maria Helena Joaquim

Sueline Freire

(alunas da turma: 8.º 5.ª)

Abr 01

Concerto pedagógico no auditório da Escola Básica e Secundária de Gama Barros

No dia 28 de março, as turmas do 5.º 3.ª e 5.º 4.ª assistiram a um concerto pedagógico, realizado por dois professores do Conservatório de Música de Sintra, no Auditório da Escola Básica e Secundária de Gama Barros. Esta atividade foi dinamizada pelo grupo de Educação Musical e teve como principal objetivo proporcionar a audição de música “ao vivo”, levando os alunos a conhecerem o meio musical envolvente. Os alunos tiveram, desta forma, a oportunidade de aprofundarem os seus conhecimentos sobre instrumentos musicais, como o saxofone e a guitarra clássica.

No final do concerto, a subdiretora do Agrupamento, Maria do Carmo Passos, ofereceu um donativo (artigos de higiene de bebés) para ser entregue à casa de Sant’Ana, que abriga mulheres vítimas de violência doméstica, que será entregue pela Direção do Conservatório. Os alunos, que estiveram muito atentos durante o concerto, cumprimentaram e agradeceram aos músicos.

Veja as fotos aqui

Mar 28

Oficina da Ciência

No jardim-de-infância Cacém n.º 1, as crianças chegaram com um entusiasmo diferente, pois era dia de visita de estudo. Nas manhãs dos dias 19 e 26 de fevereiro, as educadoras de infância, as assistentes operacionais e as crianças deslocaram-se à Oficina da Ciência, em Sintra. Neste espaço, fomos desafiados a explorar, de forma dinâmica e interativa, com o apoio de um colaborador por grupo. Posteriormente, e após ouvirmos atentamente a explicação, pudemos fazer as nossas aprendizagens manuseando os materiais. Realizar esta tarefa foi uma delícia. Os sorrisos espelhavam a satisfação dos mais pequenos. No laboratório participámos em duas experiências e, com o olhar bem atento, conseguimos, ainda, meter “as mãos na massa “e retirar conclusões.

Quando a visita terminou, despedimo-nos com a promessa de voltar para o ano, para, ao brincar, aprendermos mais um pouco.

Veja as fotos aqui

Mar 28

Visita do compositor/cantor

No dia 7 de fevereiro, no jardim de infância Cacém n.º 1, as educadoras, as assistentes operacionais e as crianças assistiram à apresentação do livro “Afinal, ainda Há Heróis”, com texto de João Pedro Condesso, ilustrações de Ana Fonseca e músicas de Gerson Santos.

Desta vez, fomos surpreendidos pelo cantor Gerson Santos, que nos encantou ao contar a história através de belíssimas canções e pela afetuosa mascote, que, por magia, saltou da história e nos veio conhecer.

Foi uma manhã muito animada!

Veja as fotos aqui

Mar 26

Visita de estudo ao Museu do Bonsai em Sintra

No passado dia 21 de março, os alunos da turma SE1/LH1, no âmbito da disciplina de Geografia, realizaram uma visita de estudo ao museu do Bonsai, em Sintra.

Testemunho dos alunos Renato Tavares e Rodrigo Bernardo aqui

Testemunho do aluno Rafael Santos aqui

Veja as fotos aqui

Mar 24

Atletismo para Todos

No passado mês de fevereiro, a Escola Básica e Secundária de Gama Barros teve o privilégio de receber o Professor Paulo Barrigana, responsável pelo Centro de Formação Desportiva de Atletismo da CLDE de Sintra que, gentil e entusiasticamente, acedeu ao nosso convite.

Este Centro de Formação funciona na Escola Básica Mestre Domingos Saraiva, no Algueirão, e recebe alunos de todas as escolas que se queiram dedicar ao Atletismo.

Para além de os mais de 200 alunos participantes se terem divertido e experimentado diversas atividades no âmbito daquela modalidade, também foram sensibilizados para valores de companheirismo, solidariedade, entreajuda e perseverança, sem se esquecerem de estar atentos e interventivos em relação ao que se passa à sua volta, na escola, na sociedade e no mundo.

Nas palavras que dirigiu aos alunos, nas quais se percebem bem a paixão e o profissionalismo que movem o nosso convidado, na sua dedicação de uma vida inteira à prática e treino do Atletismo e ao Ensino, transmitiu a importância dos estudos e do conhecimento na formação e no rumo de cada um e no respeito que devem aos seus formadores, pois é através deles que adquirem as ferramentas para poderem fazer as suas escolhas no futuro.

Clique para assistir aos vídeos:

Vídeo 1

Vídeo 2

Vídeo 3

Vídeo 4

Veja as fotos aqui