Jan 25

Contratação de Escola 2015-2016

Lista Ordenada Final dos Candidatos

Horário n.º 50 – Grupo de Recrutamento: 110 – 1.º Ciclo do Ensino Básico

Para consulta do documento, clique aqui

Jan 23

Saúde Mental e Depressão

No dia 18 de janeiro de 2016 os alunos dos 2.º e 3.º anos do Curso Profissional de Técnico Auxiliar de Saúde (PTAS) assistiram a uma sessão sobre «Saúde Mental e Depressão”, dinamizada pelas técnicas da Casa de Saúde da Idanha.

Começou por definir-se o conceito de Saúde e da Saúde Mental, tendo sido realçada a importância do doente/utente ser bem acompanhado.

Foi também apresentada a definição de Depressão e os seus sintomas (tristeza, perda de interesse, baixa autoestima, cansaço, falta de concentração, …) e ainda as duas formas de tratamento:

– o tratamento farmocológico (uso de antidepressivos, que ajudam a estabilizar o humor,…)

e

– o tratamento não farmacológico: onde abordamos a importância da  comunicação (saber ouvir, saber tocar na pessoa, a importância do silêncio, o saber observar e a nossa atitude perante o doente).

Ao encerrar a sessão as técnicas da Casa de Saúde da Idanha propuseram um trabalho de grupo às duas turmas, cujo objetivo, após visionamento de um vídeo, foi um debate de ideias.

veja as fotos aqui

Jan 22

Contratação de Escola 2015-2016

Lista Ordenada Inicial dos Candidatos

Horário n.º 50 – Grupo de Recrutamento: 110 – 1.º Ciclo do Ensino Básico

Para consulta do documento, clique aqui

Jan 22

Exposição “Holocausto” na Escola Básica e Secundária de Gama Barros

Assinala-se no próximo dia 27 de janeiro o 71.º aniversário da chegada das tropas soviéticas ao campo de concentração de Auschwitz. Nesse dia, os soldados depararam-se com um cenário de horror inimaginável – cadáveres espalhados pelo chão, um cheiro nauseabundo, quase incapaz de se suportar, e alguns milhares de prisioneiros deixados para trás pelos guardas alemães, sendo que, muitos deles, assemelhavam-se mais a uma turba de cadáveres andantes do que a seres humanos. Os restantes tinham sido “arrastados” numa verdadeira “Marcha da Morte” em direção a outros campos de prisioneiros, durante a qual muitos pereceram de frio, de fome, de exaustão e, eventualmente, de um desespero imensurável, tendo em conta tudo aquilo que tinham visto, vivido e ouvido no campo de extermínio de Auschwitz.

Uma vez mais, a Biblioteca Escolar assinala este dia, que nunca poderá ser esquecido, assim como não poderão ser esquecidos todos aqueles que passaram pelos campos de concentração Nazis e que aí morreram – homens, mulheres, crianças, velhos, doentes…apenas porque eram “diferentes”. Apenas porque eram judeus, sociais-democratas, comunistas, ciganos, homossexuais, testemunhas de Jeová, negros ou “apenas” prisioneiros de guerra.

A exposição pretende lembrar, e homenagear, simbolicamente, cerca de 1,1 milhão de pessoas, através de um “Memorial”, no qual estão registados 101 nomes de pessoas que morreram no campo de extermínio de Auschwitz. Uma réplica, em ferro, da entrada do campo, trabalho elaborado pelos alunos do 12.º ano de Artes, no ano letivo de 2011/2012, com as palavras “Arbeit Macht Frei” – O Trabalho Liberta – impressiona pelo seu realismo. Uma estrela de David, de grandes dimensões, tenta recordar os cerca de 6 milhões de judeus que morreram nos campos de concentração nazis e sensibilizar para a necessidade imperiosa de incluir no nosso dia-a-dia a palavra TOLERÂNCIA.

O violino, não só pretende ser uma alusão ao livro “O Violino de Auschwitz”, da autora Maria Ángels Anglada, mas, também, mais um apontamento que ilustra a malvadez refinada de todos aqueles que, no cais de chegada ao campo, escolhiam os que sabiam tocar um instrumento musical, sobretudo violino, com o intuito de os integrarem nas orquestras dos campos. Estes músicos, homens ou mulheres, acompanhavam os prisioneiros até às entradas para as câmaras de gás ou “animavam” os guardas e as guardas dos diversos campos de concentração durante os seus jantares.

As fotos ilustram, de forma tão realista quanto possível, a realidade do quotidiano desses campos para os prisioneiros, desde o momento da chegada até ao final, quando os Sonderkommando tratavam de limpar as câmaras de gás e de transportar os cadáveres para os fornos crematórios, não sem antes lhes arrancarem os dentes de ouro, por exemplo. Este quotidiano fez-se, também, de experiências médicas maquiavélicas que contribuíram, não o podemos ignorar e omitir, para alguns progressos consideráveis na área da medicina, mas que se traduziram no sofrimento e na morte de milhares de crianças, muitas delas gémeas, adultos – homens e mulheres – que foram entregues às mãos daquele que ficou conhecido como o Anjo da Morte – o Dr. Joseph Mengele.

Para que não haja mais “Holocaustos” e as palavras que constituem o painel da exposição a que chamámos “Brainstorming Holocausto” sejam substituídas pelas palavras AMOR, AMIZADE, TOLERÂNCIA, VIDA, PAZ e HARMONIA…

A Professora Bibliotecária,

                                                                                                               Filomena Lima

Veja as fotos aqui

Jan 20

Rastreios de Saúde na EBSGB

Entre os dias 11 e 22 de janeiro de 2016, enfermeiras da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa realizam rastreios cardiovasculares aos alunos dos 9.º anos e do curso profissional técnico auxiliar de saúde e de higiene oral aos alunos dos 5.º e 6.º anos. Também técnicos da ESSILOR realizam exames de acuidade visual à comunidade escolar.

O Projeto Educação para a Saúde, do nosso Agrupamento, tenta preencher uma lacuna do Plano Local de Saúde: a falta de uma  aposta forte na prevenção e diagnóstico precoce de doenças na comunidade. Desta forma, e através de atividades nos jardins de infância e nas escolas dos vários graus de ensino do nosso concelho de Sintra, tem promovido rastreios de saúde para a comunidade educativa.

Dando continuidade à parceria estabelecida com entidades externas: Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e Empresa ESSILOR, no decorrer do 2.º período letivo os alunos têm sido convidados a verificar a saúde da sua cavidade bocal, o sangue, o sistema cardiovascular e ainda a sua visão.

Veja as fotos aqui

Jan 18

Contratação de Escola 2015-2016

Aviso de Abertura de Concurso

Horário n.º 50 – Grupo de Recrutamento: 110 – 1.º Ciclo do Ensino Básico

Para consulta do documento, clique aqui

Dez 25

Balões Brancos pela Paz

No dia 4 de dezembro, pelas 12 horas, no campo de jogos da Escola Básica e Secundária de Gama Barros, reuniu-se grande parte da nossa comunidade escolar (alunos dos 5.º aos 12.º anos de escolaridade, docentes e não docentes) e, simbolicamente, largámos 150 balões brancos mostrando assim o nosso respeito pelos Direitos Humanos e o repúdio por todos os atos terroristas. A ideia partiu de um grupo de alunas do 11.º LH1 que organizou, divulgou e tornou possível a realização deste evento, a quem agradeço sinceramente, especialmente à Mariana que se revelou imprescindível.

Obrigada a todos pela vossa participação…sinto-me orgulhosa da maturidade cívica que demonstrámos.

Para ver… ou rever… aceda ao link abaixo indicado.

Vídeo no “Gama Barros Canal” (Youtube)

Professora responsável

Isabel Costa

Dez 21

Alunos da EB1 Ribeiro de Carvalho visitaram o Reino de Natal

No dia 11 de dezembro, algumas turmas desta escola visitaram o reino de Natal, em Sintra, no Parque da Liberdade.

Os alunos passaram por diversos espaços de animação, fizeram jogos, realizaram ateliers temáticos e visitaram a casa do Pai Natal.

Os alunos participaram na campanha solidária associada a este evento, contribuindo com géneros alimentares que reverteram a favor de associações de solidariedade social do concelho. Com a ajuda dos seus familiares, os alunos, construíram enfeites de Natal, em material reciclável para uma Árvore de Natal que se encontra em exposição no Parque da Liberdade, a representar a Escola.

Foi sem dúvida uma visita carregada de magia, que encheu de sorrisos os nossos alunos.

Veja as fotos aqui

Dez 21

Dia da Pessoa com Deficiência

Na Escola Básica e Secundária de Gama Barros, os alunos da Unidade de Ensino Estruturado em conjunto com os alunos da Unidade para Apoio a Alunos com Multideficiência de continuidade e da de 1.º CEB, orientados pelos seus professores apresentaram a peça de teatro “Uma receita diferente”.

A esta peça assistiram alunos da escola sede de Agrupamento, da EB1/JI de Vale Mourão e ainda alunos da EB1 Ribeiro de Carvalho.

Já estão agendadas outras apresentações para as restantes escolas do Agrupamento.

Um bem haja a todos os que tornaram possível estes momentos.

Veja as fotos aqui

Dez 21

Texto de Natal – PLNM

Com a época natalícia à porta, transformámos a nossa última aula de Português Língua Não Materna, com a ajuda de todos, alunos e professoras, num momento de convívio, onde houve espaço para um lanchinho, música, exposição de trabalhos, a nossa árvore de Natal artesanal e animação!

Entregámos na Direção da Escola dois postais feitos por nós, 6.º,7.º e 9.º anos.

Desejamos a todos um Natal Feliz e um Novo Ano cheio de saúde, alegria e coisas boas.

Os alunos de PLNM.

Veja as fotos aqui