«

»

Mar 04

Ação Intercultural “Agrupamento contra a COVID-19” (XI)

Como é que  estamos a lidar com a COVID-19 no nosso Agrupamento?  

Dois meses após o início da COVID-19, com uma grande rapidez na evolução da situação internacional, agora que começaram a chegar as recomendações às escolas e confirmados que estão os primeiros casos de pessoas infetadas em Portugal, fazemos uma análise de como é que  estamos a lidar com a COVID-19 no nosso Agrupamento. 

Temos acompanhado com muita atenção a situação, sem alarmismos, alertando para cuidados a ter e para atitudes de racismo/xenofobia contraproducentes. Iremos continuar a acompanhar a evolução da situação e a concretizar as medidas que forem sendo consideradas como as mais adequadas às situações que surgirem, seguindo as recomendações de entidades credíveis que forem chegando e usando de bom senso.

A. O que fizemos até agora?

A.1. Já elaborámos dez notícias, numeradas de I a X, sob o título Ação Intercultural Agrupamento Contra Covid-19 (ou vírus de Wuang). Antes disso, já tínhamos feito outras duas. Se quiser (re)ver todas, basta fazer uma pesquisa no site do nosso Agrupamento, colocando a palavra vírus no local respetivo, no topo da página, onde diz Procurar.

A.2. Já fizemos numerosos contactos, para complementar as pesquisas na internet e/ou nos media.

A.3. Já afixámos, em locais estratégicos do Agrupamento, logo que foram divulgados, dois folhetos/cartazes da DGS:

– “Recomendações Gerais”, que pode ver aqui

– “Colocação em Escolas”, que pode ver aqui

B. O que podemos fazer mais?

B.1. Continuar a divulgar notícias de acompanhamento da  situação (inter)nacional, sob o título Ação Intercultural Agrupamento  Contra Covid -19. 

B.2. Continuar a afixar, em locais estratégicos do Agrupamento, folhetos e ou recomendações produzidas  pela DGS e ou outras entidades credíveis. 

B.3. Promover sessões sobre medidas de prevenção e contenção da Covid-19, com Enfermeiras do Centro de Saúde e ou com Técnicas do Laboratório da ASAE, disponíveis.

B.4. Promover atividades letivas relacionadas com  o assunto no currículo de disciplinas, tais como: Estudo do Meio (1.º ciclo),  CD/CSA e CN (2.º e 3.º ciclos), BG (CCT), STC (CEFA).

B.5. Aconselhar membros da Comunidade Educativa a não viajarem para zonas afetadas e, quando se justificar, a suspenderem temporariamente a frequência do seu Estabelecimento (do Agrupamento), como medida preventiva de eventual contágio dos outros, como já aconteceu em outras escolas, mesmo em Portugal. 

B.6. Organizar a convivência e as atividades escolares, de modo que  os contactos físicos sejam reduzidos, o mais possível, aproveitando as tecnologias disponíveis e adaptando estratégias às diversas situações.

B.7. Elaborar e concretizar um Plano de Contingência (como o da escola sede de 2009, para a Gripe A), agora de Agrupamento.   

B.8. Dar apoio à elaboração do  Plano de Contingência de cada família da Comunidade Educativa, sugerido pela DGS.

Se tiver disponibilidade para colaborar connosco e necessidade de algum apoio, pode comunicar-nos pelo email coronaviruspeia@gmail.com.

Esta notícia pode ser traduzida on line, para muitas línguas estrangeiras, por exemplo aqui

This news can be translated online, for many foreign languages, for example here