Mar 17

Visita do Exmo. Sr. Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, à EB1 Ribeiro de Carvalho

A EB1 Ribeiro de Carvalho, uma das escolas do Agrupamento D. Maria II, recebeu, no dia 13 de março de 2017, a visita do Exmo. Sr. Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

A visita teve como objetivo assistir a uma ação de campanha eleitoral, realizada pelos alunos, relativa à iniciativa “Miúdos a Votos”, que a Rede de Bibliotecas Escolares está a desenvolver em conjunto com a revista Visão Júnior, com a intenção de eleger os livros favoritos das crianças e dos jovens portugueses.

Neste dia, os nossos alunos ajudaram a valorizar os sucessos alcançados pela iniciativa que contou com 15 462 alunos participantes, na primeira fase. Através da leitura, e de atos plenos de cidadania, os nossos alunos escreveram uma página de sucessos que os ajudarão, mais tarde, a percecionar e a intervir fomentando e promovendo hábitos de participação nas vidas das nossas comunidades.

Para eles um imenso obrigado!

Obrigado a todos pelo envolvimento!

Veja as fotos aqui

Mar 16

Contratação de Escola 2016-2017

Lista Ordenada Final dos Candidatos

Horário n.º 33 – Grupo de Recrutamento: 300 – Português

Para consulta do documento, clique aqui

Mar 15

Visita de estudo à Vila de Sintra – 12 de março de 2017

Os Formandos do Curso EFA NS Dupla Certificação – Técnico/a de Informação e Animação Turística – T.I.A.T. 2 da Escola Básica e Secundária de Gama Barros – realizaram esta visita, tendo em conta que o Turismo é uma importante atividade baseada no desenvolvimento sustentado de muitas regiões, a nível nacional, e que o espaço geográfico em que a nossa escola está inserida tem um papel acrescido neste setor.

Assim, é importante um olhar para o turismo do concelho, em particular na forma como as atividades do turismo aí se integram. Nesta perspetiva, os nossos formandos foram elaborar um levantamento das estruturas que servem e são servidas pelos turistas, verificando a sua intervenção no espaço e no ambiente.

Este trabalho será um novo ponto de partida para a progressão da sua formação, com o objetivo imediato de aprenderem o desenvolvimento do turismo de proximidade.

Docente Aldina Sousa

Veja as fotos aqui

Mar 15

Visita à Estação de Tratamento de Águas Residuais – ETAR COLARES 1

No dia 3 de Março, sexta-feira, o 10.º SE e o 11.º SE foram visitar a ETAR de Colares 1.

À entrada deparámo-nos com um acumulado de contentores. Centenas de contentores depositados ao longo da ETAR com o objetivo de esta se emancipar da SUMA, que na altura fazia a recolha do lixo. Esta atividade irá ser efetuada pelos SMAS, razão pela qual os Ecopontos se encontram armazenados neste local da ETAR.

O primeiro processo que observámos foi a chamada “Obra de Entrada”, que tanto é constituída por uma grelha mecânica como por uma grelha manual. Dá-se a elevação das águas residuais para dois desarenadores gravíticos, que se encontram associados a um canal onde é efetuada a medição do caudal, através de um medidor específico. As areias são removidas a partir da abertura de uma válvula para a caixa de drenagem.

Em seguida, observámos o processo de decantação primária em dois tanques cilíndrico-cónicos. O descarregador periférico é utilizado na entrada das águas residuais. Estes decantadores contêm raspadores de fundo e de superfície. As lamas decantadas são extraídas para uma fossa através da gravidade para, posteriormente, serem vendidas aos agricultores que as utilizarão como fertilizantes naturais, adubando os seus solos agrícolas.

O processo seguinte é realizado em tanques de arejamento. O arejamento é efetuado em tanques de betão. Neste tanque podemos encontrar o medidor de oxigénio que controla a turbina.

Os decantadores secundários são similares aos decantadores primários, mas possuem um raspador de fundo.

O tanque de cloragem foi o próximo processo a assistir onde se injeta cloro na água, de modo a este proceder à oxidação da matéria orgânica e matar as bactérias.

Os digestores anaeróbios têm forma cilíndrica, onde as águas primárias e secundárias permanecem por um período de dois meses.

Por fim, assistimos ao processo de desidratação mecânica de lamas.   A lama, que se encontra em estado líquido, é desidratada com a ajuda de coagulantes. Após este processo, as lamas vão para a caleira e, em seguida, são transferidas para a ETAR.

As lamas são, depois, enviadas para a agricultura.

Notícia elaborada por:

Laura Serrão, n.º 9, 10.º SE

Pedro Silva, n.º 11, 10.º SE

Veja as fotos aqui

Mar 14

Feira do Carnaval na Escola Básica e Secundária de Gama Barros

Nos dias 22, 23 e 24 de fevereiro realizou-se, na Escola Básica e Secundária de Gama Barros, a Feira do Carnaval, com a venda de bolos, doces e salgados diversos.

Esta atividade foi dinamizada pelos alunos do 2.º ano do Curso Profissional de Técnico de Turismo.

Como habitualmente, uma parte do refeitório da escola encheu-se de cores, cheiros e paladares variados, que fizeram desta época carnavalesca um momento de convívio, partilha e alegria.

Os alunos dividiram-se em três grupos, um por cada dia, e desenvolveram também atividades para todos os alunos da escola, em especial para os colegas da Unidade de Apoio a Alunos com Multideficiência e Surdocegueira Congénita, interagindo entre todos.

Os alunos do 2.º PTT tiveram um papel muito importante e fundamental para o sucesso de mais esta iniciativa.

Os professores da componente técnica gostariam de deixar aqui um agradecimento especial a todos eles e também aos Pais e Encarregados de Educação que sempre os/nos apoiam nestas iniciativas.

Bem Hajam!

Veja as fotos aqui

Mar 12

O Carnaval em Vale Mourão

Desde príncipes a princesas, espanholitas a super-heróis a nossa escola encheu-se de cor, serpentinas e sorrisos coloridos. Serpentinas e papelinhos às cores cobriram o nosso recreio e os nossos meninos viveram um dia em cheio.

Da parte da manhã, juntamente com os alunos das outras escolas do nosso Agrupamento, desfilámos pelas ruas das redondezas. Depois do almoço, e em parceria com a associação de pais e encarregados de educação, fizemos um desfile no recreio da nossa escola. Dançámos e encantámos!

Veja as fotos aqui

Mar 12

Gestos com o coração

Ser solidário é ter o coração no lugar certo. É saber dar para acrescentar e saber ver para ajudar.

Os nossos alunos do 4.º A da EB1/JI de Vale Mourão tiveram, juntamente com a professora, a iniciativa de fazer uma campanha especial. Divulgaram a ideia e levaram-na a bom porto. Com a ajuda de toda a comunidade escolar recolheram roupas e brinquedos para uma instituição de Rio de Mouro.

O resultado foram sacos e sacos cheios com o objetivo de colorir outras vidas.

É também com estes gestos que se fazem a escola: ajudar para acrescentar!

E os nossos alunos tiveram um doce coração!

Veja as fotos aqui

Mar 10

Contratação de Escola 2016-2017

Aviso de Abertura de Concurso

Horário n.º 30 – Grupo de Recrutamento 300 – Português

Para consulta do documento, clique aqui

Mar 10

Exposição: Explorar o Sistema Solar

No livro Cosmos de Carl Sagan podemos ler várias passagens que se relacionam com o desejo da Humanidade em explorar o Espaço, em explorar o Cosmos.

Segundo esse escritor os nossos antepassados estavam ansiosos por compreender o mundo, mas ainda não tinham dado com o método. Imaginavam um universo pequeno, fabuloso e bem ordenado no qual as forças dominantes eram os deuses.

Com a evolução da Ciência e da Tecnologia, atualmente, sabemos que não é assim. Carl Sagan refere que o Cosmos é tudo o que existe, existiu ou existirá. A mais insignificante contemplação do Cosmos emociona-nos, provoca-nos um arrepio, embarga-nos a voz, causa-nos a sensação suave de uma recordação distante. Sabemos que nos estamos a aproximar do maior dos mistérios.

O tamanho e a idade do Cosmos ultrapassam a comum compreensão humana. Perdida algures entre a imensidão e a eternidade fica a nossa minúscula casa planetária, o Planeta Azul, o Planeta Terra repleto de maravilhas, variedade de espécies e potencialidades. Este planeta precioso faz parte do Sistema Solar que se encontra na galáxia Via Láctea.

O realizador do filme Avatar, James Cameron, numa entrevista após a apresentação do filme referiu que a Humanidade tem o sonho de explorar e conhecer o Cosmos à procura de riquezas, novos materiais e outros planetas com condições para a existência de vida. Contudo, ele chama a atenção dizendo que antes de sairmos da nossa zona de conforto temos a obrigação e a responsabilidade de cuidar do terceiro rochedo depois do Sol, usar os seus recursos de um modo inteligente e sustentável pensando na herança que se vai deixar às gerações vindouras.

Os professores do Grupo 510, Física e Química, organizaram e montaram, com a colaboração do professor António Silvano do Grupo 600, Artes Visuais, uma exposição no âmbito da Astronomia, denominada “Explorar o Sistema Solar”. Está localizada no pavilhão H, na escola sede do Agrupamento de Escolas D. Maria II.

Para todos que tenham curiosidade na temática fica aqui o convite para visitar a exposição.

Professores do Grupo 510

Veja as fotos aqui

Mar 10

Visita de Estudo ao Jardim de Infância Cacém n.º 1

Para crescer harmoniosamente, e com saúde, uma criança precisa de outras crianças e de um espaço capaz de lhe proporcionar experiências gratificantes e enriquecedoras a nível do seu próprio desenvolvimento.

A partir de uma certa idade (3/4 anos) é fundamental para o desenvolvimento da criança que esta ingresse num espaço educativo, no qual poderá continuar a desenvolver as suas inúmeras capacidades através de experiências diferentes das que vive em casa. No Jardim de Infância as crianças vão ter a possibilidade de desenvolverem ao máximo as suas competências sociais, estéticas, afectivas, cognitivas, motoras, linguísticas e manipulativas. Aprendem a lidar com a diferença.

Com o intuito de entender a relação entre esta etapa da vida escolar e os conteúdos modulares da disciplina de Saúde: “cuidados na saúde infantil”, 11 jovens formandos do 3.º do Curso Profissional de Técnico Auxiliar de Saúde, puderam comprovar, in loco, na passada 5.ª feira, dia 9 de março, a importância que o Jardim de Infância Cacém n.º 1 tem na vida das suas 88 crianças inscritas e como as Educadoras e as Assistentes Operacionais despertaram a curiosidade e o interesse, através de um ambiente rico em estímulos e oportunidades de agir.

A turma do 3.º PTAS agradece à Educadora Célia esta oportunidade de visita e ainda a partilha de informações tão relevantes para suas vidas futuras.

Veja as fotos aqui

Pagina 30 of 96« Inicio...1020...2829303132...405060...Fim»