«

»

Jan 08

A Terra está a mudar… vamos mudar também?

A maioria dos 4 800 a 12 700 milhões de toneladas de plástico que chegam todos os anos ao Oceano tem origem em terra ou nos rios, e os seus efeitos tendem a concentrar-se nas zonas costeiras, que são das regiões da Terra com maior produtividade biológica e maior densidade populacional humana. A atual capacidade de gestão de resíduos já não acompanha o acelerado ritmo de crescimento da produção de plástico, produto derivado de 8% da produção mundial de petróleo e de biodegradação muito lenta.

Em outubro de 2017, um estudo da Seas At Risk revelou números alarmantes sobre o consumo de plástico em Portugal. Anualmente, consumimos 721 milhões de garrafas de plástico, 259 milhões de copos de café descartáveis, 1000 milhões de palhinhas, 40 milhões de embalagens de descartáveis e 10 mil milhões de beatas de cigarros. Apenas 16,5% do total de resíduos produzidos em Portugal são encaminhados para os ecopontos. A redução do consumo de plástico, e o seu correto encaminhamento para reciclagem, é assim um dos grandes desafios do século XXI para um futuro sustentável.

Neste âmbito, realizou-se no dia 16 de dezembro, no auditório da Escola Básica e Secundária de Gama Barros, a sessão “Consumer.talks – Desplastifica-te!”, promovida pela DecoJovem e desenvolvida no âmbito das disciplinas de Cidadania e Desenvolvimento e Ciências Naturais do 8.º ano, visando a sensibilização dos jovens para a redução do uso do plástico e a adoção de hábitos de consumo sustentados na política dos 5R (Reduzir, Reutilizar, Reciclar, Recusar, Repensar).

Professora Alexandra Duarte