«

»

Fev 11

Ação Intercultural “Agrupamento contra o Vírus de Wuhan” – IV

Enquanto o coronavírus alastra, a xenofobia alastra também pelo mundo. Há relatos de episódios na comunicação social e nas redes sociais. Há também notícias de reações de asiáticos ou seus descendentes, que estão espalhados por todo o mundo, tal como os portugueses. Um dos movimentos de asiáticos expressa-se com a frase “Eu não sou um vírus”, em várias línguas e em vários suportes, para distinguir bem entre o vírus e a pessoa humana, que, geralmente, nem sequer está contagiada.

Pode ver mais aqui

Em Portugal, a comunidade chinesa já manifestou o seu desagrado por um programa de um humorista numa rádio portuguesa.

Pode ver mais aqui

A xenofobia depende sobretudo das atitudes de cada um de nós e do conhecimento, muito simples, de que um humano é um humano e um vírus é um vírus. Para tornar mais eficazes a prevenção e a contenção do contágio dos humanos por este vírus a hora é de solidariedade.

Pode ver mais aqui