Nov 04

Contratação de Escola 2019-2020

Lista Ordenada Final

Horário n.º 27 – Grupo de Recrutamento 400 – História

Para consulta do documento, clique aqui

Nov 04

Selos Europeus de Qualidade eTwinning 2019

O Serviço Central de Apoio (CSS) eTwinning acaba de dar a conhecer o nome dos docentes contemplados com o Selo Europeu de Qualidade 2019.

Dos 1288 Selos Europeus de Qualidade atribuídos em toda a Europa, 330 pertencem a docentes portugueses. Duas dessas docentes, Lina Pereira e Rosário Portugal, são do Agrupamento D. Maria II, Sintra. Muitos parabéns a ambas!

Nov 04

Ação Agrupamento Contra a Gripe

O curso “Higiene das Mãos na Prevenção de Infeções” tem como principal finalidade promover as boas práticas na higiene das mãos e a adoção de comportamentos responsáveis na prevenção de infeções. É um curso gratuito, realizado em poucas horas, pela internet, e tem início a 15 de novembro de 2019.

Pode inscrever-se aqui

Out 31

Contratação de Escola 2019-2020

Aviso de Abertura de Concurso

Horário n.º 29 – Grupo de Recrutamento 420 – Geografia

Para consulta do documento, clique aqui

Out 31

Ação Agrupamento Contra a Resistência a Antibióticos

A inclusão do tema da resistência aos antibióticos nos currículos escolares é uma das medidas previstas no Plano Nacional de Combate à Resistência aos Antimicrobianos 2019-2023, que tem como objetivo “melhorar a saúde da população”.

Homologado pela Direção-Geral de Saúde, a Direção-Geral da Alimentação e Veterinária e a Agência Portuguesa do Ambiente, no âmbito do conceito “Uma Só Saúde”, o plano é “uma ferramenta e um referencial importante para o desenvolvimento da estratégia de combate à resistência aos antimicrobianos, que configura um problema de saúde pública”, referem as entidades.

O plano assenta em seis objetivos globais: “Prosseguir a implementação do conceito de ‘uma só saúde’”, “melhorar o conhecimento sobre a resistência aos antimicrobianos”, “fortalecer a base de conhecimentos e evidência através da vigilância epidemiológica, monitorização ambiental e investigação” e “reduzir a incidência da infeção”.

“Otimizar o uso dos antimicrobianos” e “manter o compromisso e aumentar o investimento sustentado em novos medicamentos, ferramentas de diagnóstico, vacinas e outras intervenções relevantes” são outros objetivos do plano.

Para isso, deve ser reativado o projeto “e-bug em Portugal”, estabelecendo parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação, com inclusão de conteúdos específicos nos programas e manuais escolares.

Devem ser também aprofundados os conteúdos formativos sobre esta matéria nos currículos dos cursos das áreas da saúde, incluindo medicina, medicina dentária, farmácia, enfermagem, e “fazer da utilização correta de antibióticos” e controlo da RAM “um componente da formação profissional, obrigatório ou com certificação” nestas áreas.

Um grave problema de Saúde Pública: Os especialistas estimam que a resistência aos antimicrobianos será responsável pela morte de 10 milhões de pessoas por ano em todo o mundo em 2050.

Segundo dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), Portugal terá uma média anual de mais de 1.100 mortes por infeções por bactérias muito resistentes até 2050.

O desenvolvimento do plano agora apresentado necessita de “uma ação sustentada, coordenada, e esforços complementares” dos cidadãos, dos profissionais de saúde humana e animal e do ambiente, da produção primária, da indústria agroalimentar e farmacêutica, dos agentes económicos e associações do setor, dos detentores de animais, da academia, dos gestores das unidades de saúde e das restantes áreas envolvidas, bem como dos decisores políticos.

Fonte: Lusa

Para saber mais, consulte o Plano Nacional de Combate à Resistência aos Antimicrobianos 20 da DGS aqui

Out 31

Um dia por Évora

No dia 28 de outubro, as turmas dos 1.º, 2.º e 3.º anos do Curso Profissional de Técnico de Turismo, realizaram uma visita de estudo a Évora com o intuito de realizarem um passeio turístico pelos locais onde se escreveu parte da história de Portugal.

Em cada um dos pontos, os alunos tinham elaborado um plano sobre cada monumento visitado, para aprofundarem os conhecimentos.

Évora é uma cidade de grande valor patrimonial, com um interessantíssimo Centro Histórico em que os jovens e as professoras tiveram a possibilidade de conhecerem os locais mais emblemáticos de Évora, nomeadamente: a Capela dos Ossos e a Igreja de São Francisco onde se confrontaram com um ambiente sombrio que os levou a refletirem sobre a transitoriedade e fragilidade da vida; o Templo Romano de Diana considerado Património Mundial da UNESCO; os vestígios Romanos na Câmara Municipal de Évora e a importantíssima Praça do Giraldo.

Évora é riquíssima em história, às vezes mesmo até debaixo dos nossos pés, que é precisamente o que se passa com um painel, localizado entre a fonte da Praça do Giraldo e a Igreja de Santo Antão, onde se realizaram diversos autos-de-fé, e foi lida a bula papal que autorizava a instalação e o funcionamento em Portugal do Tribunal do Santo Ofício. Representa uma homenagem a todas as vítimas em Portugal sujeitas à Inquisição naquela praça.

Na última etapa da visita de estudo visitámos a Universidade de Évora, a segunda mais antiga do país, fundada em 1 de novembro de 1559 pelo Cardeal D. Henrique, Arcebispo de Évora, mais tarde Rei de Portugal e ainda o In Acqua Veritas Spa, que recria o ambiente das termas romanas, essenciais na vida deste povo. Este era o espaço onde os cidadãos conversavam, conviviam e até negociavam. Foi precisamente nas termas que teve início o conceito de SPA, sigla relacionada com salus per aquam ou sanus per aquam, que estabelece uma relação fundamental entre a água, a saúde e o bem-estar físico. Professoras e alunos consideraram o dia muito produtivo, uma vez que ficaram com mais conhecimentos sobre esta cidade e com aprendizagens de extrema importância para o turismo local e nacional.

Alunas Catarina Ferreira e Mariana Lopes

(3.º ano do Curso Profissional de Técnico de Turismo)

Evora-1

Picture 1 of 11

Out 31

Sintra AmbiQuiz

Na peugada de uma maior consciencialização ambiental das novas gerações, a Escola Básica e Secundária de Gama Barros aceitou o desafio de participar no concurso Sintra AmbiQuiz enquadrado na Estratégia de Educação Ambiental do Município de Sintra.

Estão de parabéns os alunos que já colocaram a nossa escola no 2.º lugar da classificação a nível concelhio.

O desafio é continuar a jogar e, ao mesmo tempo, aprender a cuidar do planeta.

O Futuro depende daquilo que fizermos no Presente, por um Planeta Sustentável!

Se ainda não estás a jogar o Sintra AmbiQuiz, informa-te sobre como participares junto do teu professor de Ciências Naturais ou do Diretor de Turma e habilita-te a ganhar prémios.

O desafio só agora começou!…

Informações Sintra AmbiQuiz aqui

Professora Alexandra Duarte

Out 31

Contratação de Escola 2019-2020

Lista Ordenada Final

Horário n.º 26 – Grupo de Recrutamento 520 – Biologia e Geologia

Para consulta do documento, clique aqui

Out 30

Uma aventura na Quinta da Granja com o Jardim de Infância de Vale Mourão

No dia 9 de outubro, partimos “à aventura” e fomos até à Quinta da Granja em Loures.

Observámos a natureza, pulámos na relva, andámos de carroça, fizemos pão, corremos atrás de galinhas, abraçámos os pequenos coelhos, vimos os dentes dos burros, acariciámos o pelo das ovelhas (e era tão fofinho…), demos comida aos patos que estavam no lago, vivenciámos e aprendemos tantas outras coisas…

Foi um dia maravilhoso. No final estávamos cansados, mas muito felizes. Agora só já perguntamos: “Quando podemos voltar?!”

Os meninos do Jardim de Infância de Vale Mourão

Quinta-da-Granja-1

Picture 1 of 7

Out 29

Dia Mundial do Animal

No passado dia 4 de outubro, a Escola Básica Ribeiro de Carvalho assinalou o Dia Mundial do Animal.

Na Biblioteca da escola ouviram a história “Afinal, ainda há heróis” de João Pedro Condesso e Ana Fonseca. De seguida, os alunos apresentaram aos colegas o seu animal de estimação, através de fotografia que, posteriormente, ficou exposta no mural que se encontra no polivalente da escola.

Com a ajuda de toda a comunidade educativa, a quem desde já agradecemos, fizemos uma recolha de alimentos para doar a uma instituição do concelho de Sintra que acolhe animais abandonados.

DiaM-Animal-1

Picture 1 of 5