«

»

Jan 25

Pico da epidemia de gripe

GripeNo âmbito da Ação Agrupamento contra a Gripe, damos esta notícia com as declarações da Diretora Geral de Saúde sobre gripe e outras doenças respiratórias, que esperemos seja a última antes de assinalar o fim da época de gripe. Dado que ainda estão previstas temperaturas mínimas relativamente baixas para os próximo dias, damos também conhecimento aqui de um livro da DGS sobre o frio.

«Teremos na maior parte das regiões e na maior parte do país atingido já o pico e estaremos na situação de decrescer a atividade gripal e essa é, apesar de tudo, uma boa notícia», disse a Diretora-Geral da Saúde em conferência de imprensa, ao fazer um balanço da atividade gripal no país, que ainda se encontra em fase epidémica, ainda que a tendência seja decrescente.

Graça Freitas explicou que «continua a haver pressão» nos internamentos, na procura de cuidados de saúde, quer urgências, quer cuidados de saúde primários, quer a linha SNS 24, mas também nestes indicadores a tendência é decrescente e «tudo está a tender para uma situação mais normal».

A Diretora-Geral da Saúde referiu também que há vários outros vírus em circulação, que provocam «as habituais constipações» e doenças infeciosas respiratórias, os quais também têm levado muitas pessoas a procurar cuidados de saúde.

«Parece que a pior fase do inverno já terá passado. Vamos esperar, de qualquer maneira, pelas próximas semanas. O vírus da gripe é traiçoeiro, pode ainda sofrer alguma alteração, as temperaturas podem ainda descer e pode haver algum fenómeno estranho. Se não houver fenómenos estranhos, tenderemos para a normalidade», concluiu.